Siga nossas redes sociais

Aconteceu

Prova Correndo para Vencer: A Corrida Transformando Vidas!

Avatar photo

Publicados

em

Essa foi uma prova de corrida com muitos sorrisos e vencedores, no asfalto e fora dele.

Perguntei para uma das atletas, na véspera da prova:

– Pra você qual é a melhor coisa na corrida?- ela respondeu de imediato:

– A sensação de liberdade!

Imagino que você, corredor e corredora, também já sentiu isso correndo em uma prova ou treino… acertei?

O vento de leve no rosto, olhar no horizonte, apenas curtindo uma passada após a outra.

No último dia 26/03 aconteceu a primeira prova “Correndo para Vencer”, parte de um projeto, com o mesmo nome, da VEP (Vara de Execuções Penais) de Vila Velha/ES, para internos do sistema prisional que estão em regime semiaberto, e apresentam bom comportamento.

E a atleta que fiz a pergunta no início desse texto, corre através do projeto Correndo para Vencer. Reforçando, assim, a capacidade do esporte de elevar a autoestima e contribuir para a ressocialização.

Importante reforçar, ainda, que a Revista Runners Brasil acredita e apoia o projeto, que é uma excelente ferramenta de inclusão social de homens e mulheres que decidiram recomeçar.

A corrida de rua é extremamente democrática e acolhedora, pois reúne no mesmo ambiente, pessoas com experiências e realidades diferentes.

Cada um com seu objetivo, independente do pace, do tênis, história de vida ou qualquer outra questão.

Fotos: Divulgação organização

E a prova “Correndo para Vencer” realizada em Vila Velha\ES (26/03) foi realmente única!

Não digo apenas pelo percurso, gostoso para correr, com bastante sombra e um trecho com vista do mar.

Ou somente pela simpatia dos “staffs”, que auxiliaram na organização do trânsito e entrega da hidratação.

Tampouco em razão do sorteio de brindes atrativos ou música ao vivo, que trouxe entretenimento para os atletas, amigos e familiares.

Mas pelo conjunto de todas essas ações, concretizadas com zelo e carinho, pela Resultado Final (organizadora da prova), equipe da VEP, liderada pela Juíza Patrícia Faroni, que também é corredora, além de diversos outros colaboradores.

Fotos: Arquivo Gabriel Renaud

Por que uma prova de corrida de rua?

Se você já teve a chance de correr alguma prova, sabe que esse é um momento de festa, de celebrar, de buscar superação, encontrar amigos e trocar experiências.

E, sem dúvida, essa é uma ótima experiência para homens e mulheres que buscam recomeçar. Eles vão ter a sensação de vitória, superação, de festa, juntamente com a endorfina e dopamina que a corrida oferece. 

Nós da Revista Runners Brasil agradecemos a Juíza Patrícia Faroni, idealizadora dessa corrida e do projeto “Correndo para Vencer”, pelo convite para participar dessa celebração maravilhosa.

Ah… aguardem novas corridas, pois a equipe da VEP e seus colaboradores, juntamente com a Resultado Final, já estão planejando a próxima edição par 2024.

Eu vou resumir o que foi para mim a prova “Correndo para Vencer”:

Uma grande confraternização em forma de corrida, alimentando a esperança de que o esporte pode sim ser uma porta de entrada para um recomeço, um despertar para saúde e autoestima, além de uma ferramenta de ressocialização efetiva.

E, por fim, digo que o “Correndo para Vencer” comprova que a Corrida é Mais que um Esporte!

Por: Gabriel Renaud


Aconteceu

Com chegada aos pés do Cristo, Claro Uphill Corcovado movimenta o Rio de Janeiro

Avatar photo

Publicados

em

Segunda etapa do circuito reuniu mais de mil atletas

Uma das novas sete maravilhas do mundo, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, recebeu no último domingo (7), a Claro Uphill Corcovado. A segunda etapa do circuito mobilizou pelo terceiro ano consecutivo a cidade maravilhosa, reunindo mais de mil participantes que enfrentaram as distâncias de 21km e 10k, além da caminhada de 5km.

Correndo em casa, o atleta Fábio Sanches foi o grande vencedor da prova dos 21km, com o tempo de 1h37’. Campeão da primeira edição desse mesmo evento, o vencedor fez questão de destacar a alegria de correr em casa e chegar em um dos principais pontos turísticos da cidade. “Participar dessa prova é sempre especial, ainda mais chegando aos pés do Cristo e no lugar mais alto do pódio. Isso tudo é uma alegria imensa, tanto que não consegui segurar as lágrimas de emoção”, disse o corredor.

Pela primeira vez na Uphill, a corredora Ana Paula Oliveira conquistou o lugar mais alto do pódio, com o tempo de 1h55’ e falou sobre esse grande desafio. “Correr em casa é sempre muito bom, ainda mais em um percurso que eu conheço e treino algumas vezes. A Uphill está de parabéns, pois a prova é muito organizada, com uma ótima sinalização e uma chegada linda”, ressaltou.

Com o tempo de 47’44, Wellington de Oliveira debutou na Uphill e com o título dos 10km. “Essa é a segunda vez que eu volto ao Cristo, a primeira foi com a escola e agora correndo essa prova surreal. Todo staff e organização foram sensacionais, e já coloquei como desafio voltar em 2025, só que nos 21km”, comentou Wellington.

Entre as mulheres, a vitoriosa foi Claudia Couri, com a marca de 1h01’. Triatleta amadora, a carioca explicou que apesar de ser uma atleta de provas planas, a energia do Cristo e a vontade de participar de novos desafios foram um incentivo para chegar até a etapa Corcovado. “Correr com essa vista maravilhosa e chegar aos pés do Cristo é uma oportunidade que todo carioca deveria aproveitar”, finalizou.

Além dessas distâncias, o evento também contou com a caminhada de 5km para aqueles que estavam em busca de um percurso menor, mas sem perder o desejo de percorrer o Parque Nacional da Tijuca, entre outros pontos turísticos como o Mirante Dona Marta. “A Uphill é sempre uma caixinha de surpresa e nós estamos sempre nos reinventando. Antes essa etapa terminava no final do dia, mas agora a galera começa com uma visão do Rio de Janeiro e finaliza, com o Sol Nascendo. E Uphill Corcovado é isso, dia perfeito, pessoas felizes e que desejam viver novas experiências que inspiram pessoas, além de fazer com que você se sinta desafiada a novas conquistas, porque esse é o nosso lema”, destacou Bernardo Fonseca, CEO da Uphill.

Parceria e desenvolvimento do esporte para o Estado

Única prova do país que leva o corredor aos pés do Cristo Redentor, a Uphill Corcovado contou mais uma vez com o patrocínio oficial da Claro. Depois do grande sucesso nas duas primeiras edições, a empresa de telefonia móvel, fixa, banda larga e TV por assinatura esteve ao lado da X3M em uma das provas mais bonitas do país.

“A Claro sempre teve uma ligação muito forte com o esporte e a corrida acaba se associando muito a nossa marca, por conta da velocidade. Já estamos há três anos nessa parceria, e é um orgulho estarmos mais uma vez no cartão postal da cidade e queremos continuar fazendo essa junção do Rio de Janeiro, da corrida e da Claro”, ressaltou Renata Carpes, gerente de marketing da Claro.

Além dessa parceria, o evento também contou com o apoio da Secretária de Esporte e Lazer, do Governo do Estado do Rio de Janeiro. A Uphill agora segue para a Serra da Mantiqueira, em São Paulo, onde acontecerá a inédita etapa Campos do Jordão, em setembro. Em breve mais novidades!

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Aconteceu

Segunda etapa do Circuito Athenas reúne mais de 5 mil participantes, em São Paulo

Avatar photo

Publicados

em

Evento aconteceu nas distâncias de 6km, 12km e 18km, além da corrida kids

Desenvolvido para aqueles corredores que desejam evoluir nas distâncias, o Circuito Athenas realizou no último domingo (16), em São Paulo, a sua segunda etapa. Organizada pela Iguana Sports, a Athenas Run Stronger contou com 5.018 participantes que percorreram as distâncias de 6km, 12km e 18km, além de 319 crianças de 03 a 13 anos, na edição kids.

Com largada e chegada, na Pista Expressa da Marginal Pinheiros, a corrida percorreu uma das principais vias da cidade e contou com toda estrutura necessária para os atletas alcançarem os seus objetivos. Nos percursos de 12km e 18km foram disponibilizadas quatro e sete estações de apoio, respectivamente. Além do suporte de água, ambulância e banheiros, os atletas contaram com pontos de isotônico Dobro, no quilômetro 7,5 e 11,7, e gel de carboidrato da Blackskull, no quilômetro 6,9. Já nos 6km mais fortes de São Paulo, os participantes contaram com duas estações de apoio com água, ambulância e banheiros, nos quilômetros 1,6 e 4,6. Para contribuir com a recuperação dos atletas, no final do percurso foram distribuídos Viv Protein, da Vigor.

Pódio masculino dos 18km. (Crédito de Foto: Bruno Barrosh)

Vencedores: campeão da Athenas Run Longer do último ano, Luiz de Mesquita foi o grande vencedor dos 18km. Com o tempo de 58’48, ele comentou que a prova serviu como mais um teste de preparação para a On SP City Marathon, que acontecerá no próximo mês.

“Essa vitória de hoje traz ainda mais confiança para este ciclo, porque consegui colocar em prática tudo que tinha planejado. A meta para a On SP City é buscar o tempo de 2h25’ e quem sabe buscar o pódio e até um índice internacional”, concluiu o vencedor. Já no feminino, Raquel Amelia Garcia atingiu o tempo de 1h13’57 e garantiu o lugar mais alto da prova. Segunda colocada na prova dos 15km da Athenas Run Faster, a vencedora destacou a organização e qualidade do Circuito. “O Circuito Athenas foi a minha primeira prova de corrida, em 2011, e desde então não parei mais. Acho o Circuito super legal, organizado e acaba incentivando os corredores a superarem os seus limites, com essa questão da progressão de distâncias. Agora é focar na preparação para Maratona de Buenos Aires e depois buscar um lugar no pódio da Athenas Run Longer”, ressaltou a atleta.

Pódio feminino dos 18km. (Crédito de Foto: Bruno Barrosh)

Nos 12km Jucimario de Melo e Marília Ikeda foram os grandes vencedores, enquanto nos 6km Leonardo Santana e Alice Yuri venceram a disputa, respectivamente. Além dos campeões de cada distância, a Athenas Run Stronger também premiou os 200 primeiros colocados do masculino e feminino com a medalha do TOP 200.

Athenas Kids Run Stronger: com um aumento de 61% no número de inscritos, em relação a primeira etapa do Circuito Athenas Kids, a corrida infantil, que está no segundo ano, também foi uma das atrações do evento. A prova reuniu crianças de 03 a 13 anos, que separados por baterias, percorreram as distâncias de 50, 100, 200, 300 e 400 metros.

Ao final de cada largada realizada no Parque do Povo, os jovens atletas também foram premiados com a medalha da força kids. Nesta edição da Athenas Kids Run Stronger, a prova contou com a parceria da TIP TOP como patrocinadora ouro. Com mais de 70 anos de história, a marca ofereceu um espaço exclusivo para os futuros corredores, com muitas atividades e brincadeiras, além de todo auxílio de monitores.

Corrida kids reuniu 319 participantes. (Crédito de Foto: Bruno Antares)

A Athenas Run Stronger contou com os seguintes parceiros: Hospital Santa Catarina que foi o responsável pelo espaço de recovery gratuito para os atletas, Decathlon, Dobro, Vigor, Lindoya, Fotop, Blackskull e rádio KissFM.

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Aconteceu

Com quebra de recorde, On Rio City Half Marathon movimenta a Cidade Maravilhosa

Avatar photo

Publicados

em

Evento reuniu mais de 5 mil pessoas neste final de semana

Com um aumento de 53% no número de participantes aconteceu neste domingo (5), uma das corridas mais bonitas do país, a On Rio City Half Marathon. Organizada pela Iguana Sports, a prova que é a primeira meia maratona nacional a receber o selo da World Athletics, reuniu mais de 5 mil participantes, que percorreram as distâncias de 12km e 21,1km, na Orla da Zona Oeste carioca. Seguindo todas as regras impostas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), o evento que serviu como índice para provas internacionais fez um verdadeiro passeio pela orla das praias do Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e São Conrado, local da chegada. Ao longo do trajeto, os atletas contaram com toda estrutura de hidratação, com isotônico e água, gel de carboidrato e atendimento médico.

Pódio feminino dos 21,1km. Crédito da foto: Boliche Filmes e Fotografia

Com o tempo de 1H03’29, o atleta boliviano Hector Garibay Flores foi o grande vencedor dos 21,1km e estabeleceu o novo recorde da prova, superando a marca de 1H04’30 de Giovani dos Santos em 2017. O vencedor também está garantido nos Jogos Olímpicos de Paris, depois de conquistar o índice, na Maratona de Sevilha, onde marcou o tempo de 2H07’44. No feminino, Glauciele de Oliveira de Souza atingiu o tempo de 1H22’31 e garantiu o lugar mais alto do pódio. Além dos vencedores, a On Run City também premiou os 100 primeiros colocados no masculino e feminino da meia maratona.

Pódio feminino dos 21,1km. Crédito da foto: Boliche Filmes e Fotografia

Já nos 12km Jorge Montenegro e Jaqueline da Silva venceram a disputa, com os tempos de 40’08 e 47’03, respectivamente. “Estamos muito satisfeitos com o sucesso da On Rio City Half Marathon 2024. Investimos fortemente na estrutura de prova para assegurar condições ideais mesmo com o calor intenso. O patrocínio da marca esportiva On foi crucial para esse sucesso. Destaco também o novo recorde estabelecido pelo atleta boliviano Hector Garibay Flores, que exemplifica o alto nível da competição. Agradecemos a todos que tornaram este evento possível e já estamos nos preparando para a próxima edição, onde continuaremos elevando os padrões de qualidade”, destacou Eliane Verderio, CEO da Iguana Sports.

Crédito da foto: Boliche Filmes e Fotografia

Nesta edição, a corrida contou com a participação de atletas de 22 estados brasileiros, sendo que 4.077 mil concluíram o desafio da segunda maior meia maratona do Rio de Janeiro.

As próximas provas da Iguana acontecem na capital paulista, no dia 16 de junho com a segunda etapa da Athenas Run Faster (6km,12km e 18km) e 28 de julho, data da principal maratona de São Paulo, On SP City Marathon (21km e 42km).

Confira os premiados dos 21,1km:

MASCULINO

1-   HECTOR GARIBAY FLORES- 1H03’29

2-   WELLINGTON DA SILVA- 1H07’55

3-   RAFAEL SANTOS DE NOVAIS- 1H09’01

4-   WASHINGTON DE LIMA- 1H09’27

5-   AILTON CASIMIRO- 1H09’59

FEMININO

1-   GLAUCIELE DE OLIVEIRA DE SOUZA- 1H22’31

2-   VANESSA FONSECA- 1H28’11

3-   EMILY PRADO- 1H28’55

4-   WERIKA DE OLIVEIRA- 1H30’02 5-   PRISCILA MORAES- 1H30’29

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Em Alta