Siga nossas redes sociais

Saúde

Cuidados com a pele na hora da corrida

Avatar photo

Publicados

em

Na corrida de rua, estamos frequentemente expostos ao Sol! Por isso, alguns cuidados são necessários para evitarmos o envelhecimento precoce da pele. Seguem algumas dicas para você seguir antes de sair para correr:

1.Escolha do horário: prefira treinar no começo da manhã ou à noite, assim você evita os períodos de maior incidência solar.

2.Hidrate bastante: beba muita água! Antes, durante e depois do treino. Se manter hidratado é fundamental para a saúde da pele.

3.Capriche no protetor solar! Existem várias opções! Para corrida, prefiro os em bastão, spray ou os líquidos à base de água (que não ardem os olhos). Use um fator de proteção solar de preferência maior que 50.

4.Lembre de usar viseira e óculos escuros

Existem também roupas com fotoproteção, manguito para cobrir o braço, bonés entre outras variedades, que podem ser encontrados em lojas de roupas esportivas e até farmácias.

Agora que você já conhece algumas dicas de como cuidar da sua pele enquanto pratica a corrida de rua, o ideal é marcar uma consulta com a dermatologista para que a especialista possa te ajudar, recomendando os melhores produtos para sua pele.

Por: Luiza Rodrigues

Fisioterapia esportiva

Quando é recomendado parar de correr e procurar um profissional para tratar a dor na canela?

Avatar photo

Publicados

em

A dor na canela pode ser um obstáculo para corredores de todos os níveis. Conhecida tecnicamente como “periostite tibial” ou, popularmente, como “canelite,” essa dor é comum entre corredores, especialmente aqueles que estão começando, aumentando a intensidade dos treinos ou usando calçados inadequados. Entender como prevenir e tratar essa condição é crucial para manter a saúde e a performance nas corridas.

Causas da Dor na Canela

A dor na canela geralmente resulta de uma combinação de fatores, incluindo:

  • Sobreuso: Aumentar a quilometragem ou a intensidade dos treinos muito rapidamente pode sobrecarregar os músculos e tendões ao redor da canela.
  • Pé Plano ou Pisada Pronada: Estes fatores biomecânicos podem causar uma distribuição irregular do peso e aumentar a tensão na canela.
  • Calçado Inadequado: Tênis velhos ou que não oferecem suporte adequado podem contribuir para a dor.
  • Superfícies Duras: Correr em superfícies duras, como asfalto e concreto, pode aumentar o impacto nas pernas.

Prevenção

Prevenir a dor na canela envolve uma abordagem integrada que inclui:

  1. Aquecimento e Alongamento: Realizar um bom aquecimento antes dos treinos e alongamentos adequados após pode preparar os músculos e tendões, reducindo o risco de lesões.
  2. Gradualismo nos Treinos: Aumento gradual da intensidade e da distância dos treinos ajuda a evitar o sobreuso. A regra de ouro é não aumentar mais de 10% da quilometragem semanal.
  3. Fortalecimento Muscular: Exercícios que fortalecem os músculos da perna, especialmente a panturrilha e a sola do pé, podem ajudar a suportar melhor os impactos da corrida.
  4. Calçado Adequado: Usar tênis adequados ao tipo de pisada e que ofereçam bom amortecimento é essencial. A substituição regular dos calçados também é recomendada.
  5. Variedade de Superfícies: Alternar os treinos em superfícies mais suaves, como grama ou trilhas, pode reduzir o impacto cumulativo nas canelas.
  6. Cross Training: Incorporar atividades de baixo impacto, como ciclismo e natação, ajuda a manter a condição física sem sobrecarregar as canelas.

Tratamento

Se a dor na canela já está presente, algumas medidas podem ajudar a aliviar e tratar o problema:

  1. Descanso: Reduzir ou interromper temporariamente os treinos permite que a área afetada recupere.
  2. Gelo: Aplicar gelo na região afetada por 15 a 20 minutos, várias vezes ao dia, para reduzir a inflamação.
  3. Fisioterapia: Um fisioterapeuta pode recomendar exercícios específicos de alongamento e fortalecimento, além de técnicas de massagem e outros tratamentos.
  4. Medicamentos Anti-inflamatórios: Em alguns casos, o uso de medicamentos anti-inflamatórios pode ser indicado para reduzir a dor e a inflamação.
  5. Correção da Pisada: Avaliar a necessidade de palmilhas ortopédicas pode ajudar a corrigir problemas biomecânicos.

Quando Buscar Ajuda Profissional

É recomendado parar de correr e procurar um profissional se a dor na canela persistir mesmo após medidas de auto-cuidado, se a dor for intensa e incapacitante, ou se houver inchaço e sensibilidade significativa. Fisioterapeutas e ortopedistas podem realizar uma avaliação detalhada e proporcionar o tratamento adequado para evitar complicações mais sérias.

Cuidar das canelas é essencial para manter a prática da corrida saudável e prazerosa. Prevenir a dor requer atenção aos detalhes do treino e ao cuidado com o corpo. Se a dor surgir, buscar tratamento rapidamente é a chave para uma recuperação eficiente.

Por: Equipe Runners Brasil

Continue lendo

Biomêcanica da Corrida

Correção da Pisada: Fim da Dor na Canela

Avatar photo

Publicados

em

A prática da corrida é uma atividade física extremamente popular e com inúmeros benefícios, desde a melhora cardiovascular até a queima calórica eficiente. No entanto, uma queixa comum entre corredores é a dor na canela, conhecida tecnicamente como canelite. Para muitos, essa dor pode se tornar um impedimento significativo, prejudicando o desempenho e até resultando em pausas prolongadas na prática esportiva. Dois fatores chave para prevenir esta condição são a correção da pisada e o fortalecimento muscular.

Correção da Pisada

Uma pisada adequada é essencial para a prevenção de dores e lesões associadas à corrida. Quando a pisada está desalinhada, a distribuição das forças de impacto que ocorrem a cada passo se torna desigual, sobrecarregando determinadas áreas do pé, tornozelos e canelas. Isso pode levar ao desenvolvimento da canelite. Além disso, uma pisada incorreta pode causar desalinhamentos sistêmicos, levando a uma série de compensações no corpo que agravam a dor e aumentam o risco de lesões.

Para corrigir a pisada, o primeiro passo é realizar uma avaliação biomecânica com um profissional especializado, que pode ser um fisioterapeuta ou um ortopedista esportivo. O uso de palmilhas ortopédicas personalizadas é uma das soluções mais simples e eficazes após a avaliação, pois elas ajudam a alinhar corretamente o pé durante a corrida.

Fortalecimento Muscular

O fortalecimento muscular é outro pilar fundamental na prevenção da canelite. Músculos mais fortes ao redor da canela, como os músculos tibiais anterior e posterior, desempenham um papel crucial no suporte e estabilidade da articulação do tornozelo e na absorção de impacto. Musculaturas fracas acumulam mais tensão nos ossos e ligamentos, tornando-os susceptíveis a microlesões e inflamações.

Para fortalecer a musculatura envolvida na corrida, é importante incluir exercícios de resistência específicos na rotina de treinamentos. Exemplos incluem panturrilhas, elevações de calcanhar em degraus e exercícios de propriocepção com a utilização de bosu ou plataformas instáveis. Além disso, exercícios como agachamentos e avanços são excelentes para fortalecer a musculatura global das pernas, apesar de não atuarem diretamente nos músculos da canela.

Alongamento e Flexibilidade

Manter a flexibilidade muscular é igualmente importante. Músculos e tendões encurtados aumentam o risco de lesões e agravam a sobrecarga nas articulações. Alongamentos específicos para a mesma musculatura fortalecida devem ser realizados regularmente, como alongamentos do músculo gastrocnêmio (panturrilha) e dos músculos tibiais.

Conclusão

A prevenção da dor na canela vai além de simplesmente reduzir a intensidade ou a frequência dos treinos. A correção da pisada e o fortalecimento muscular são intervenções preventivas essenciais que promovem uma corrida mais segura e eficiente. Corrigindo a pisada, com ou sem o uso de palmilhas, e fortalecendo os músculos da perna, os corredores podem não apenas evitar a canelite, mas também melhorar seu desempenho e desfrutar de uma experiência de corrida mais prazerosa e livre de dores.

Por: Equipe Runners Brasil

Continue lendo

Fisioterapia esportiva

Como Prevenir e Tratar Dor na Canela Durante a Corrida

Avatar photo

Publicados

em

A dor na canela, conhecida tecnicamente como Síndrome do Estresse Tibial Medial, é um problema comum entre corredores. Ela pode atrapalhar os treinos e até mesmo levar a lesões mais graves se não tratada corretamente. Entender as causas e como prevenir e tratar essa dor é essencial para manter a saúde e o desempenho nos esportes.

Principais Causas da Dor na Canela

  1. Sobrecarga Muscular: Aumentar a intensidade ou a distância dos treinos muito rapidamente pode sobrecarregar os músculos e tendões ao redor da tíbia.
  2. Biomecânica Deficiente: Problemas na forma de correr, como pronação ou supinação excessiva, colocam estresse adicional na canela.
  3. Equipamento Inadequado: Tênis de corrida sem suporte ou amortecimento adequado podem contribuir significativamente para a dor.
  4. Superfícies Duras: Correr em concreto ou asfalto aumenta o impacto nas pernas, exacerbando o problema.
  5. Fatores Musculares: Músculos fracos ou desequilibrados nas pernas, tornozelos e pés podem predispor uma pessoa a lesões.
  6. Flexibilidade Insuficiente: A falta de flexibilidade, especialmente nos músculos da panturrilha e no tendão de Aquiles, pode levar à dor na canela.

Prevenção da Dor na Canela

  1. Aquecimento Adequado: Antes de cada treino, faça um aquecimento completo para preparar os músculos e reduzir o risco de lesões.
  2. Fortalecimento Muscular: Incorporar exercícios de fortalecimento específicos para os músculos da panturrilha, tornozelos e pés pode ajudar a prevenir a canelite. Exemplos incluem elevação de panturrilhas e exercícios de resistência com faixas elásticas.
  3. Correção da Pisada: Avaliar e corrigir a biomecânica da corrida com a ajuda de profissionais pode reduzir o estresse na canela.
  4. Equipamento Apropriado: Investir em tênis de corrida adequados que proporcionem bom suporte e amortecimento é fundamental.
  5. Treino em Superfícies Variadas: Sempre que possível, prefira superfícies mais macias, como trilhas e grama, para aliviar a pressão nas canelas.
  6. Alongamentos Regulares: Realizar alongamentos para melhorar a flexibilidade, especialmente dos músculos da panturrilha e do tendão de Aquiles, pode prevenir a dor.

Tratamento da Dor na Canela

Caso a dor já esteja presente, estas são algumas medidas que podem ser tomadas para alívio e recuperação:

  1. Repouso: Reduzir ou interromper temporariamente o treino pode ser necessário para permitir a recuperação adequada.
  2. Gelo: Aplicar gelo na região afetada por 15 a 20 minutos, várias vezes ao dia, ajuda a reduzir a inflamação e aliviar a dor1.
  3. Medicação: Anti-inflamatórios e analgésicos podem ser recomendados pelo médico para reduzir a dor e a inflamação.
  4. Fisioterapia: O acompanhamento de um fisioterapeuta pode incluir exercícios de alongamento e fortalecimento, técnicas de massagem e tratamentos específicos para acelerar a recuperação2.
  5. Correção de Biomecânica: Continuar trabalhando na correção da pisada e possível uso de palmilhas ortopédicas, se indicado por um especialista.

Manter um regime de prevenção rígido e dar atenção a qualquer sinal de dor na canela é essencial para evitar complicações maiores. Cuidar bem do corpo é fundamental para qualquer atleta, amador ou profissional.

Por: Equipe Runners Brasil

Continue lendo

Em Alta