Siga nossas redes sociais

Aconteceu

Adriana Silva conquista sua mandala exclusiva ao completar sua sexta maratona major em Chicago

Avatar photo

Publicados

em

Mandala Six Star Medal é recebida depois de completar as maiores maratonas do mundo que incluem Tóquio, Boston, Londres, Berlim, Nova York e Chicago  

A maratonista olímpica Adriana Silva foi a única brasileira a conquistar a medalha Six Star Medal em Chicago neste domingo (8), após finalizar a prova com o tempo de 2h53’11. A mandala exclusiva é conferida aos atletas que completam todas as maiores maratonas do mundo – de Berlim, Tóquio, Londres, Nova York, Boston e Chicago.  

“Chicago é realmente uma prova linda. Estou muito feliz com meu tempo, apesar de não ter colocado isso como meta. Mas a corrida estava tão gostosa e fluiu tão bem que acabou acontecendo esse resultado. Feliz em ter conseguido a mandala e também com a notícia de ter sido classificada para o mundial de master ano que vem na Austrália”, comemora a atleta. 

A maratonista olímpica brasileira e atleta ASICS Adriana Silva fez sua primeira major em Berlim, em 2010, prova que ela também fez em 2014; em 2012 ela completou a Maratona de Tóquio; em 2013 fez a de Londres; em Boston, 2014 e a de Nova York ela completou em 2018. Entre todas as seis majors, a prova de Tóquio foi a que mais marcou sua trajetória, realizada há onze anos, em 26 de fevereiro. Com o objetivo de conquistar uma vaga para as Olimpíadas de Londres, Adriana não só conseguiu a vaga como também quebrou o recorde Sul-Americano e brasileiro da maratona feminina, que é dela até hoje, com o tempo de 2:29:17.  

“Eu e meu treinador escolhemos correr em Tóquio naquela época por conta do nível técnico da prova que é muito forte. As atletas correm muito bem lá e isso me ajudaria a obter o índice para as Olimpíadas de Londres, que era nosso objetivo na época, e consegui. Além disso, também fui convidada para correr a major de Londres pelo organizador da prova depois do meu desempenho. E o mesmo aconteceu em Londres, depois da prova também fui convidada para correr em Nova York”, conta Adriana 

Entre diversas conquistas, os grandes destaques são o título de bicampeã na maratona do Pan-Americano (ouro em Guadalajara 2011 e ouro em Toronto 2015) e as duas participações em Jogos Olímpicos, em 2012 em Londres e no Rio de Janeiro em 2016.  

Aconteceu

Realizada com sucesso, New Balance 15K São Paulo coroa Justino Pedro da Silva e Mirela Saturnino como campeões

Avatar photo

Publicados

em

Cerca de 5 mil corredores tomaram as ruas da região do Pacaembu em um domingo
ensolarado, nas disputas de 15k e 7,5k

Em uma bela manhã ensolarada em São Paulo, cerca de 5 mil corredores tomaram as ruas da região do Pacaembu neste domingo (12) para a realização da New Balance 15K São Paulo. Participantes de diversas cidades de São Paulo e até de outros estados se desafiaram nas provas de 15k e 7,5k, em um trajeto que percorreu vias famosas da capital paulista, como a Avenida Pacaembu e o Elevado Presidente João Goulart, mais conhecido como Minhocão. A largada e a chegada aconteceram na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu.
 

Os primeiros a largarem na New Balance 15K São Paulo, às 6h30, foram os participantes da prova principal, de 15k. E o primeiro a cruzar a linha de chegada foi um dos principais corredores do país na atualidade, o pernambucano Justino Pedro da Silva. O atleta, que é patrocinado pela New Balance e tem entre suas principais conquistas o bicampeonato da Maratona do Rio e o título do Campeonato Pan-Americano de 2023, sagrou-se campeão com o tempo de 46m59s. A segunda colocação foi de Savio de Paula Rodrigues Silva (47m04), enquanto Edson Amaro dos Santos, que também faz parte do time de atletas patrocinados pela marca norte-americana, completou o pódio na terceira posição (49m33s).
 

“Consegui conquistar mais este título, agora na New Balance 15K São Paulo. Consegui fazer uma boa prova, em uma corrida muito bem organizada. Parabenizo a New Balance e todas as pessoas envolvidas nesse trabalho. Tenho orgulho em fazer parte deste time”, falou o campeão Justino Pedro da Silva.


Já na prova feminina nos 15k, o troféu de campeã também foi conquistado por uma das principais referências do país em corrida de rua. Mirela Saturnino, que integra o time de patrocinados da New Balance assim como Justino e Edson, completou o percurso com o tempo de 56m14s. A vice-campeã foi Regiane Braga de Souza (1h00m07s), e a terceira colocação foi conquistada por Rozilene Silveira de Jesus (1h02m20s). Tanto na prova masculina quanto na feminina, os três melhores foram premiados com um par de tênis da New Balance, além do troféu.

Cerca de 5 mil corredores disputaram a New Balance 15K São Paulo (Crédito: Ativo)

“Foi uma prova desafiadora, onde tive que superar meus próprios limites e dar o meu melhor para alcançar a vitória que tanto espero. Às vezes o corpo não colabora, mas persisto e um dia tudo se encaixa”, celebrou Mirela Saturnino, que tem entre suas maiores conquistas o bicampeonato sul-americano e a vitória na Maratona do Rio em 2021.
 

Ainda nas primeiras horas da manhã, às 7h, foi a vez dos corredores inscritos na distância de 7,5k darem a largada na Praça Charles Miller. Rafael Almeida Silvestre levou a melhor e foi o vencedor da prova masculina, com o tempo de 23m24s. O vice-campeão foi Mateus Henrique Gabriel Ferreira, que marcou 25m22. O pódio foi completado por Tiago Vieira Silva (25m59s).
 

“A prova foi muito bem organizada, tivemos um belo evento neste domingo para nós corredores e para o público presente. Graças a Deus ganhei e fui o campeão”, falou Rafael Almeida Silvestre após cruzar a linha de chegada.

Também não faltou emoção na competição feminina dos 7,5k, que coroou Anastacia Rocha Pereira como a campeã da prova. Ela cruzou a linha de chegada com o tempo de 28m13, pouco à frente de Ana Catarina Amâncio de Oliveira, que registrou a marca de 28m56s. A terceira colocação foi de Marilene de Jesus Ferreira (29m33s). Assim como na prova de 15k, os três melhores entre homens e mulheres na distância de 7,5k também ganharam um troféu e um par de tênis da New Balance como prêmio.

“Foi uma prova difícil para mim, porque estava cansada de viagem. Mas fiquei bastante satisfeita com meu tempo e com o percurso. Todos somos vencedores quando saímos de casa para praticar atividade física. Parabéns a todos!”, disse a campeã Anastacia.

Prova contou com convidados especiais e ações de sustentabilidade
 

Mais do que uma corrida de rua, a New Balance 15K São Paulo ofereceu aos participantes uma grande experiência em running. Além de disputarem a prova, os corredores também tiveram à disposição ações exclusivas como áreas de recovery com macas de massagem e banheiras de crioterapia, a oportunidade de testarem o mais recente lançamento da New Balance para performance, o Fresh Foam X 1080 v13, personalização das medalhas com gravação do tempo registrado pelo corredor, entre outras iniciativas.
 

O evento também foi abrilhantado com a presença de convidados especiais. Uma delas foi a atriz Leticia Salles, que veio do Rio de Janeiro especialmente para São Paulo para participar da New Balance 15K São Paulo. Leticia, que é apaixonada pelas corridas de rua e concilia treinos e provas com as gravações nas novelas em que atua na televisão, disputou a prova de 7,5k na capital paulista, e terminou no Top 25.

A influenciadora digital Vitoria Gomes, integrante do squad New Balance, também correu os 7,5k e terminou a prova entre as mais bem colocadas.

“Foi um desafio para mim hoje. Eu corri minha primeira maratona na semana passada em Nova York, então não sabia como meu corpo iria responder a essa prova. Mas, com a energia de todos que estavam correndo e o percurso que nunca tinha feito em São Paulo, no Pacaembu, foi muito legal. Superei meus limites hoje e, acima de tudo, me diverti muito”, contou Vitória.
 

Paralelamente às ações de cunho esportivo, a New Balance 15K São Paulo também teve um cuidado especial com a questão da sustentabilidade e meio ambiente. A organização da prova, em parceria com a empresa Musa – especializada em coleta e gestão de resíduos -, tinha a expectativa de recolher aproximadamente 1,5 tonelada de lixo reciclável durante o evento, para ser transformado em matéria-prima para a fabricação de novos produtos.
 

A operação da Musa contou com a implementação de estações sinalizadas de descarte de recicláveis nos pontos de hidratação do percurso e nos demais ambientes da New Balance 15K São Paulo. Nas estações de alimentação, além dos cestos para recicláveis, também houve um local apropriado para restos de comida. Além disso, todo o lixo descartado na rua durante o percurso também foi recolhido e reciclado. A Musa também comprometeu-se em suas ações a realizar a compensação de 2.430kg de CO2, emissão equivalente a uma viagem de carro de 12.789km ou 304 maratonas.
 

“Encerramos neste domingo um capítulo muito importante para a New Balance neste ano de 2023, com a realização da New Balance 15K São Paulo. A recepção dos corredores foi bastante positiva desde o início, com o esgotamento das inscrições aproximadamente um mês antes da prova. E fechamos este ciclo de uma maneira bastante feliz, com a realização da corrida em um domingo ensolarado, com 5 mil corredores nas ruas de São Paulo se exercitando e se divertindo acima de tudo. Os apaixonados por corrida de rua podem esperar ainda mais da New Balance para 2024, com mais provas, lançamentos de produtos e novas ações” disse Leandro Moraes, diretor de marca da New Balance.

 

New Balance 15K São Paulo – vencedores da prova

Masculino – 15K

1º. Justino Pedro da Silva – 46m59s

2º. Savio de Paula Rodrigues Silva – 47m04s

3º. Edson Amaro dos Santos – 49m33s 
 

Feminino – 15K

1º. Mirela Saturinino de Andrade – 56m14s

2º. Regiane Braga de Souza – 1h00m07s

3º. Rozilene Silveira de Jesus – 1h02m20s
 

Masculino – 7,5K

1º. Rafael Almeida Silvestre – 23m24s

2º. Mateus Henrique Gabriel Ferreira – 25m11s

3º. Tiago Vieira Silva – 25m59s
 

Feminino – 7,5K

1º. Anastacia Rocha Pereira – 28m13s

2º. Ana Catarina Amâncio de Oliveira – 28m56s

3º. Marilene de Jesus Ferreira – 29m33s

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Aconteceu

ASICS Golden Run contou com 6 mil inscritos na etapa do Rio de Janeiro 

Avatar photo

Publicados

em

Foto: Pedro Macedo – 360+

Marca inova com ações de sustentabilidade, diversidade e inclusão 

A ASICS Golden Run aconteceu neste domingo (2) no Rio de Janeiro e contou com 6 mil inscritos, incluindo as duas distâncias, 10km e 21km, que largaram do Aterro do Flamengo e do Leblon respectivamente. Um clima perfeito para correr, uma estrutura completa e o percurso plano da prova permitiram que diversos atletas conquistassem seus recordes pessoais. A arena montada no Aterro do Flamengo completou a festa no pós-prova, com espaço recovery, música, premiação e outras atividades. 

Um dos grandes destaques da prova deste ano foram as iniciativas de sustentabilidade, como a parceria com o projeto “Seu Lixo Meu”, que foi responsável pela gestão total dos resíduos do evento e a sacola do kit da prova, produzida com o equivalente a 8,3 copos plásticos de água de 200ml. 

Iniciamos essa parceria para a gestão dos resíduos gerados na ASICS Golden Run em São Paulo e teve um ótimo resultado. Acreditamos que é nosso papel enquanto empresa pensar na redução desses impactos. Temos o pilar de sustentabilidade como um dos mais importantes dentro da ASICS, por isso, sempre buscamos incluí-lo nas frentes de ação e projetos”, comenta Alexandre Fiorati, Presidente e CEO da ASICS América Latina.  

Para garantir um bom relaxamento no pós-prova a arena ainda contou com um espaço exclusivo ASICS Lume Club para as mulheres inscritas na prova. O ASICS Lume Club é uma plataforma feminina na América Latina que tem como objetivo principal democratizar a corrida ao ampliar e incentivar a presença de mulheres no esporte. Nesse ambiente especial elas tiveram acesso à massagem, café, hidratação especial, máquina de fotos instantâneas, customização de tênis e uma ecobag personalizada. 

“Queremos que cada vez mais mulheres estejam praticando esportes e a corrida, em especial. ASICS Lume Club é nossa plataforma feminina que tem esse objetivo de incentivar as mulheres e ela não poderia estar fora da nossa prova proprietária”, comenta Constanza Novillo, Diretora de Marketing da ASICS América Latina. 

Ainda para a recuperação no pós-prova, quem correu um tênis da marca pode ter acesso exclusivo às banheiras de gelo para a crioterapia. 

Resultados  

Os cinco primeiros homens e mulheres que cruzaram a linha de chegada levaram uma premiação em dinheiro, tanto nos 10km quanto nos 21km. Vivian Jeftanui foi a vencedora dos 21km e completou a prova com 1h17’24. Na mesma distância, quem levou o primeiro lugar masculino foi Fábio Jesus Correia que terminou a prova com 1h02’56.  

Já nos 10km, quem cruzou primeiro a linha de chegada foi Ederson Vilela com 30’34“É o segundo ano que eu participo, ano passado também fui campeão. Em São Paulo este ano fiquei em segundo lugar, fui campeão ano passado aqui, então acho que a média está boa. O clima da prova é muito bom, é muito bacana estar aqui com o pessoal reunido e ano que vem vamos estar aqui também, se Deus quiser. Está de parabéns a prova”, comenta o atleta. No feminino, quem ficou com o primeiro lugar foi Laura Morales que terminou a prova com 31’01. 

Outro destaque do evento deste ano foi a grande participação de atletas PCDs nas distâncias de 10 e 21km que também receberam premiação categorizada de acordo com as classificações do Comitê Paralímpico Brasileiro. 

Outra premiação sempre aguardada por quem faz a Meia Maratona da ASICS Golden Run é a medalha de TOP 100, oferecida aos 100 primeiros homens e mulheres que concluíram a prova. O ator Nicolas Prattes correu os 21km e ficou entre os 100 homens mais rápidos da distância e levou a medalha Top100.  

Foto: Guilherme Leporace 

“A organização da ASICS Golden Run é bem complexa, pensamos por meses em cada detalhe para conquistarmos nosso grande objetivo que é ver o sorriso no rosto de cada um que se superou e se emocionou na busca pelos seus objetivos. Estamos muito felizes com o que entregamos neste ano aqui no Rio. Espero que cada um dos corredores tenha tido uma ótima experiência e que todos voltem pra casa felizes e realizados com tudo que vivemos hoje”, completa Felipe Pontual, gerente de Sports Marketing da ASICS na América Latina

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Aconteceu

ASICS reúne embaixadores do time ASICS FrontRunner no  Club Med em Mogi das Cruzes 

Avatar photo

Publicados

em

Meeting ASICS FrontRunner LATAM 2023 aconteceu em parceria com o  
Club Med entre os dias 23 e 25 de junho 

A ASICS reuniu nesse fim de semana 30 integrantes do projeto ASICS FrontRunner no encontro anual da América Latina, no Club Med Lake Paradise, em Mogi das Cruzes, SP. Para integrar o time do Brasil, Chile, Argentina e Colômbia e promover uma imersão de marca, o evento contou com diversas atividades ao longo dos dias, shooting de fotos e no último dia voltaram a São Paulo para uma visita à ASICS House, espaço da marca no Parque Bruno Covas. 

ASICS FrontRunner é um projeto global com presença regional no Brasil, Chile, Argentina e Colômbia desde 2018 e conta com um grupo de corredores amadores que participaram de uma seletiva anual e foram escolhidos para representar a marca. O grupo é composto por médicos, triatletas, educadores físicos, jornalistas, advogados, entre outras profissões, porém todos com algo em comum: a paixão por esporte, movimento e corrida.  

“Cada um do time ASICS FrontRunner é muito especial para nós, pois eles, além de serem nossos ‘embaixadores do movimento’, representam de forma única o DNA e a filosofia da marca de uma mente sã em um corpo são. Eles são responsáveis por nos ajudar a disseminar ainda mais nossa mensagem dentro de suas comunidades. Todo ano pessoas novas entram, então este encontro serve para estreitarmos nossos laços, tanto a integração entre eles, como a imersão deles com a marca”, diz Constanza Novillo, diretora de marketing da ASICS na América Latina.     

O evento começou na sexta-feira (23) às 10h com saída de São Paulo para o Club Med Lake Paradise, em Mogi das Cruzes, onde o time ASICS FrontRunner participou de diversas palestras, atividades integrativas, esportes coletivos, treino de corrida conduzido pela atleta ASICS Adriana Silva e festa junina. 

“O Club Med foi o espaço perfeito para um encontro, que precisava ser seguro para um grupo grande, além de confortável, com espaço para atividades esportivas e ideal para que eles tivessem a melhor experiência possível”, comenta Constanza. Ela completa ainda que isso foi atendido de forma excelente pela parceria da ASICS com o Club Med, com a unidade Lake Paradise sendo ideal para o evento. 

“Além de uma excelente estrutura hoteleira o Club Med também é conhecido por ser a maior escola de esportes do mundo. Muitas pessoas têm o primeiro contato com algum tipo de esporte em um de nossos resorts. Por isso, o Club Med e a ASICS veem tanta sinergia nessa parceria, que aproxima ainda mais o público ao esporte”, explica Jérémie Hoss, Vice Presidente de Marketing e Digital do Club Med para América do Sul

O evento foi finalizado no domingo, quando os integrantes retornaram à São Paulo para uma visita à ASICS House, no Parque Linear Bruno Covas, e depois um almoço no bairro da Vila Madalena.  

Para quem gosta de esporte, de estar em movimento, e quer se tornar um ASICS FrontRunner, basta acompanhar as redes sociais da marca, onde sempre é anunciado o início das inscrições. A seletiva de 2023 já aconteceu e em 2024 deve acontecer ainda no começo do primeiro trimestre. 

Conheça mais sobre o projeto e cada um dos integrantes em https://www.asics.com/br/pt-br/frontrunner 

Por: Redação Runners Brasil

Continue lendo

Em Alta