Minha história com a corrida – Nathalya Gobbo

WAP19PON02517
Minha história com a corrida começou em 2014.

Quando comecei a correr estava um pouco acima do peso, bem descontente com meu corpo e a falta de vitalidade dele. Mas a maior motivação foi minha mãe que, na época, já corria e amava a corrida. Eu queria sentir o mesmo e principalmente estar mais perto dela.
Logo começamos a participar de provas juntas e minha satisfação com a corrida foi crescendo. Vivemos momentos muito especiais!!
Com o tempo e após a entrada em uma assessoria especializada, a corrida começou a fazer ainda mais parte da minha vida. Treinos com a turma, cumprir a planilha, provas e assim foi. Hoje a corrida faz parte de mim. Não me reconheço mais sem ela. Aquilo que quando comecei a correr julgava ser impossível, por exemplo, correr uma maratona. Hoje já acontece naturalmente e tenho 4 delas no currículo além de incontáveis meias maratonas.
2020 será um ano especial. Ano de colher o que tanto me dediquei em 2019 para alcançar. Batalhei silenciosamente pelo índice de Boston, que veio na minha primeira tentativa de consegui-lo e aconteceu em Porto Alegre ano passado. Em abril terei o grande privilégio de correr a tão sonhada maratona de Boston e em outubro a linda maratona de Chicago. Duas gigantes que entram no quadro dos sonhos realizados juntamente com a maratona de Berlim que realizei ano passado.
A corrida me ensina diariamente. Me ajudou nos momentos mais difíceis da minha vida. Me mostra o quanto posso ser forte. Me faz sentir viva!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.