Fazer exercícios é garantia de melhorar a alimentação?

Exercise-Food

Bem, isso já sabemos que não!

Embora a prática regular de exercícios seja extremamente benéfica para a saúde, é bastante discutido o fato de que, nem sempre, a mudança no padrão de exercícios contribui para uma equivalente melhora da alimentação.

Vários estudos já foram publicados neste sentido. Um estudo, no entanto, avaliou um aspecto muito curioso no que se refere a esta relação. Beer e colaboradores, publicaram agora, em Outubro de 2017, um artigo no qual avaliaram a resposta alimentar levando-se em consideração o fato de que a pessoa poderia escolher: o tipo de treino (esteira ou bicicleta), a intensidade do treino, a duração (30-60 minutos), o horário em que o executaria e o tipo de música que ouviria. Enquanto que o seu parceiro de treino seria obrigado a seguir as suas escolhas.

O resultado? O grupo autônomo fez melhores escolhas alimentares pós treino do que o grupo sob controle. Este estudo está de acordo com o que Werle e seus colegas publicaram em 2011, quando encontraram que os indivíduos que consideram o exercício como extenuante se alimenta pior do que os que se divertem durante os seus treinos.

A minha conclusão? Mais do que nunca, acredito na união do trabalho entre: nutricionista, profissional de educação física e nosso cliente.

aricia_motta (1)

Arícia Motta

Instagram: @ariciamotta

– Mestre em Ciência da Motricidade Humana,
  Universidade Castelo Branco (UCB/RJ)
– Pós-graduada em Atividade Física e Suas Bases
  Nutricionais, Universidade Veiga de Almeida (UVA/RJ)
– Pós-graduada em Esporte e Recuperação, Escola Superior
  de Educação Física e Fisioterapia do Estado
  de Goiás (ESEFFEGO)
– Curso de Atualização em Alimentação e Esporte,
  Universidade de Murcia e Centro de Alto Rendimento
  (CAR) de Alicante (Centro de Treinamento e pesquisas
  de alto rendimento do Comitê Olímpico Español)
– Curso em Terapia Cognitivo Comportamental para
  Nutricionistas
– Graduação em Nutrição, Universidade Federal
  de Goiás (UFG)
– MBA Gestão em Saúde
– Behavioral Analyst, Instituto Brasileiro de Coaching (IBC)
– Professional & Self Coaching, IBC, IAC, ECA, GCC
– Leader Coach, IBC, BCI
– Membro da Academic Society for Funcional Foods
  and Bioactive Compounds (ASFFBC)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s