Minha história com a corrida – Karina Brandt

image1

Meu nome é Karina Brandt. Tenho 44 anos, sou Pernambucana, dentista, casada e mãe de uma princesa de 13 anos Leticia e um príncipe Daniel de 8 anos. A corrida é minha salvação, minha cura e minha vontade de ser melhor a cada dia. Com ela prendi a respeitar meu corpo, minhas dores e saber os momentos certos de superar e avançar. Sempre fui ativa e envolvida com esportes (atletismo, natação, taekwondo) mas vim conhecer a corrida quando me mudei para o interior do CE, Barbalha, há 14 anos atrás. Na região me vi sem oportunidades de realizar as mesmas atividades físicas que fazia em Recife. Com a falta de estrutura as ruas se tornaram a minha busca com serotonina. Sim! Sofro de depressão desde a adolescência e a atividade física sempre foi meu alívio. Comecei a correr sozinha pelas ruas da cidade do interior do CE. Logo fiquei sabendo que ganhei o apelido de “Dra. doida que corre pelas ruas.” Parecia mais uma afronta a moral e bons costumes para as mulheres. Minha primeira corrida de 10 Km veio um ano após começar a correr e me arrancou rios de lágrimas. Eu não imaginava que jamais conseguiria chegar aquele ponto. Alguns anos depois minha primeira meia maratona no Rio de Janeiro, Maratona também no Rio de Janeiro. Hoje já coleciono algumas maratonas entre elas Mizuno UpHill e Maratona de Los Angeles. Também já realizei duas ultras de 50 Km: Desafio da Chapada do Araripe e Indomit Bombinhas. Minha paixão são Trail Run, ultramaratonas. Gosto do Mato, praia, serra… e prosseguir com aquele desafio o maximo possível.

Agora não sou mais só! Faço parte de um grupo de várias sentadas de corredores na região que são chamados Corredores da Chapada do Araripe (corcha) e eles carinhosamente me chamam de “chefa” 😍 é muito amor pela corrida e pela Floresta Nacional do Araripe que nos cerca. Também tenho um treinador (@cmteam) que cuida muito bem de mim e me ajuda em minhas conquistas.

Há 1 ano descobri a fibromialgia e com ela venho aprendendo a lidar com superações Ainda maiores. Superações que sempre jogo pra vida. Quando me vejo em alguma dificuldade profissional, familiar, de relacionamento eu sempre lembro que aquela dor já já vai passar. O que restará, será aquela maravilhosa sensação de superação. Aquela frase: eu mais uma vez consegui!

Instagram: @ka_brandt

Minha história com a corrida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s