Minha história com a corrida – Bruna Setti

2aeec601-1a1a-41eb-9b99-36a2e7091f6b-e1506387767572.jpg

Minha história com a corrida é ainda recente. Na verdade, há 2 anos atrás participei de uma corrida de 10 km, sofrendo, haha, e até então havia desistido desse estilo de vida. Eu senti na pele a sensação incrível de terminar uma prova, mas deixei de vivencia-la por colocar outras coisas como prioridade. Nesses dois anos, concluí a faculdade, fui para São Paulo advogar, voltei para minha cidade (Londrina-PR) para fazer mestrado, e foi quando eu percebi que faltava endorfina na minha rotina. Voltei para a academia, nutricionista e voltei a amar o estilo de vida saudável. Nesse meio tempo, no final de 2016, uma pessoa (Renato Izac) me falou sobre fazer a Meia Maratona do Rio em 2017. Eu mal conseguia ainda correr 10 km, mas fiquei com aquilo na cabeça! E realmente, não esqueci a ideia.

Já em 2017, faltando 3 meses para a prova, eu decidi que realmente queria aquilo para mim! Foi quando fui atrás de um profissional da área (Marcus Góes, muito bom!) para me ajudar a cumprir o desafio. Paguei a inscrição, o Marcus montou uma planilha de treinos, e quando estava tudo pronto para dar início a eles peguei uma pneumonia! Chorei a semana inteira acreditando que não ia mais conseguir. Pensava que já estava tarde para começar a treinar, e que com a pneumonia seria impossível. E lá se foram três semanas de repouso… mas no final, não desisti. Em 5 semanas, após muitos treinos, consegui completar meus primeiros 20 km e percebi que seria, sim, possível. Fiquei tão emocionada!

Mas estão, novamente, quando faltava 3 semanas para a tão aguardada Meia Maratona do Rio de Janeiro, tive vários problemas que me abalaram psicologicamente. E mais, as pessoas que iam comigo para o Rio, não iriam mais. Pensei seriamente em desistir. Mas não, não poderia deixar isso acontecer. Resolvi ir sozinha mesmo. Quase uma semana antes da prova, no entanto, minha mãe resolveu me acompanhar. E agradeço muito a ela por isso! Ela foi o meu maior apoio, antes, durante e depois da Meia! Fomos, e foi maravilhoso! O clima estava perfeito, a cidade como sempre linda, e a energia, desde a largada, era a mais contagiante que já senti na vida! Durante a corrida eu me sentia muito bem, e já pensava na próxima. Quando terminei, em 2’11”, e encontrei minha mãe, a sensação de superação transbordava! Abri mão de algumas coisas para poder realizar esse SONHO, mas hoje tenho certeza que a escolha de fazer aquela corrida foi uma das melhores da minha vida! E sou muito agradecida por todos que me apoiaram pois sozinha seria bem mais difícil. Agora o foco é o sub 2 na próxima, e assim ir evoluindo! A corrida é o meu combustível! E com ela aprendi que NADA É IMPOSSÍVEL, BASTA QUERER!

Instagram: @brunasetti

Minha história com a corrida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s