Minha história com a corrida – Blaíra

cfd71eb2-84a9-412c-a7dd-6b8814303ce4

Olá, meu nome é Blaíra, sou brasileira e hoje moro aqui na Europa.
Gente, acho que não tenho nada extraordinário pra contar, pois nunca participei de grandes competições, além das corridas e olimpíadas da escola. Porém, sempre amei a corrida. Minha infância passei literalmente correndo. Quando se tratava de brincadeira de criança eu logo escolhia corrida, pega-pega, taco(que é um jogo com bastões e bolinha de tênis), ou qualquer outra brincadeira que eu pudesse correr e realmente sentir a brisa no rosto. Não lembro quando começou essa paixão, porém não consigo ficar sem.
Passei minha juventude morando na beira da praia, isso me inspirava e sempre saia pra dar aquela corridinha até o final da praia, mas, acabava esticando um pouquinho mais. O tempo foi passando e entre uma atividade e outra sempre tirava tempinho na semana para correr.
Em 1997 sofri um acidente, fui atropelada por um motociclista embriagado (minha perna ficou prensada entre sua moto e um poste), e lá se foi algum tempo para reabilitação do joelho e do pé. Já recuperada, voltei a correr e a praticar capoeira.
 Em 2004 um novo imprevisto, acidente com moto, consequência: lesionei a mesma perna. Depois de alguns exames, o laudo médico indicou: (Artrose + bursite + problemas articulares e encurtamento na perna), proibida de fazer atividades com impacto, pensei e agora?! Não me conformei com o laudo, e assim como no livro THE SECRET, mentalizei minha vida/saúde, o desaparecimento do encurtamento e a regeneração…não é nenhuma crença religiosa que estou falando, isso foi o que senti, me esforcei e muito para o tratamento e a reabilitação total.
 Se foi o poder da mente e/ou uma precipitação do laudo médico sem antes me deixar terminar as fisioterapias, não tenho certeza da resposta. Porém, me recuperei, hoje caminho perfeitamente, pratico atividade física e corro de leve sempre que posso. O tempo passou e continuo com a mesma sensação de liberdade e da brisa no rosto.
No momento estou pensando em levar a corrida um pouco mais a sério, pretendo começar com provas de até 5km. Não vejo a corrida como um meio de competição, mas algo de superação pessoal, bem estar geral e também um modo de fazer novas amizades. Como agora atuo numa empresa que visa combater o sedentarismo não só no Brasil mas no mundo, assim sendo, posso participar de eventos e também motivar maior número de pessoas.
Instagram: @blairabla

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s